quinta-feira, 26 de novembro de 2009

MARIA DESCENDENTE DE DAVI


Há alguns dias, apresentei este problema para o Araújo, seguramente um dos cristãos mais convictos que conheço:
As profecias do Velho Testamento são categóricas em afirmar que o Messias (Jesus Cristo) nasceria da descendência de Davi. Primeiro: Por que Mateus estabelece 28 gerações entre Davi e Jesus, e Lucas, 41? Segundo: Por que os dois evangelistas salientam essas gerações, provando a descendência davídica de Jesus, se este fora concebido pelo Espírito Santo, sem a intervenção física do pai?
O rapaz deve ter quebrado a cabeça em casa, consultado alguém mais experiente, talvez o pastor de sua igreja. Hoje ele foi à minha seção com a resposta para o segundo questionamento acima. Maria, a mãe de Jesus, era ela, por sua vez, descendente do rei mais querido de Deus. Filha de Joaquim e Ana. Estava escrito no Evangelho de Tiago ou Proto-Evangelho de Tiago.
Como sou cético até a raiz dos cabelos, aceitei temporariamente sua resposta, até chegar em casa e procurar pelo tal proto-evangelho. (Em 2012, deverá ser grafado sem hífen.)
O evangelho narra que "o sacerdote lembrou-se de Maria, a jovenzinha que, sendo de estirpe davídica, se conservava imaculada aos olhos de Deus".
.
A fé inabalável do Araújo continua a se justificar, não minha dúvida.
Por que a Igreja Católica condenou como apócrifo o texto que justifica as profecias do Velho Testamento quanto a descendência davídica de Jesus? Ela seguiu apenas o critério do sagrado, apostando na fé como meio de superar as contradições? Quem dos cristãos já sabia da incoerência entre Mateus e Lucas, do evangelho apócrifo que traz sobre a descendência de Maria? Os evangelhos, canônicos ou condenados, são verdadeiros (e não uma adequação para confirmar as profecias do Velho Testamento, por exemplo)?
Outras questões podem ser formuladas. Fico por aqui.
Richard Dawkins, em Deus, um delírio, escreve sobre a irrelevância de se saber quais eram os ancestrais de José. Nisso, ele está certo. Mas saberia ele da verdade contida no Evangelho de Tiago? Caso soubesse, por que não colocou em seu livro?




Um comentário:

Edu disse...

Olá, gostei muito do seu "post" sobre Maria descender de Davi. Mas, esclarecendo o porque de saber que José é da mesma tribo, é para simplesmente provar que de qualquer forma, sem nenhum tipo de contestação, Jesus fora da tribo de Davi. É mais uma explicação detalhada aos Judeus que tanto contestam do que propriamente aos cristãos. Jesus era da tribo tanto por adoção quanto consanguineamente. Outra prova disso é que tanto José, quanto Maria foram fazer seu resenceamento em Belém, cidade de Davi e, se não fosse descendente do mesmo, teria que, por obrigação, ir fazer este recenseamento em outra cidade.